Cinco dicas de marketing esportivo: Aprenda a usar o universo dos esportes a favor do seu negócio

  • Compartilhe:

*Por Ricardo Inforzato

O marketing esportivo vem crescendo expressivamente no Brasil. Aproveitando a emoção e a paixão que o assunto desperta, ele ajuda empresas (do segmento esportivo ou não) a se comunicarem melhor com seu público-alvo. Patrocinar esportistas ou criar ações relacionadas ao esporte pode fazer bem para a imagem de uma marca e turbinar suas vendas e seu alcance. Confira cinco dicas para fazer isso:

Escolha o esporte adequado
Antes tudo, é preciso trabalhar o esporte certo, adequado ao perfil da marca e às mensagens que deseja transmitir. De nada vale apostar em uma modalidade que não atenda a esses requisitos. Igualmente importante é optar por um esporte adequado ao público com o qual a marca quer se comunicar. Um esporte acessível somente a pessoas de alto poder aquisitivo, por exemplo, certamente não se encaixa na ação de marcas populares, que desejam falar com um número maior de consumidores.

Capriche no storytelling
Tudo começa com uma boa história, e o esporte é um prato cheio para isso. Mexa com as emoções, associe sua marca ou produto aos valores do esporte que você apoia e, assim, estabeleça identificação com o público.

Fuja de confusões
Esportes, não raro, despertam um turbilhão de momentos intensos. O futebol, uma das modalidades mais amadas pelos brasileiros, é motivo de paixão, choro, explosão de alegria, drama. As marcas precisam estar atentas a isso, pois qualquer deslize pode ser fatal e manchar a imagem para sempre. Não entre em qualquer conflito, procure engajar o público da maneira mais assertiva e positiva possível. Caso você patrocine um time ou um atleta, não se esqueça de tratar com respeito e elegância não só a ele, mas também os adversários e seus simpatizantes.

Esteja presente
Se o orçamento permitir, esteja presente em grandes eventos esportivos. Eles mobilizam um número expressivo de pessoas, que estarão especialmente atentas às mensagens exibidas durante esse momento. É uma ótima chance de mostrar sua marca e aumentar o potencial de vendas. Não se esqueça também de marcar presença nas redes sociais, pois são extremamente importantes no engajamento do público e na disseminação da mensagem. Vale a pena apostar nelas. É possível apostar em ações nas mídias sociais relacionadas aos atletas ou aos eventos patrocinados pelas marcas. No caso das empresas menores, há a chance de aproveitar o buzz gerado por determinados acontecimentos esportivos. Claro que tudo deve estar de acordo com o planejamento de marketing esportivo feito e em consonância com os valores e ideais buscados pela marca e seus clientes.

Use e abuse dos vídeos
O vídeo marketing é um recurso aprovado por empresas de todos os segmentos, e no marketing esportivo não é diferente. A produção deste tipo de conteúdo vem se tornando cada vez mais acessível. Mensagens visuais têm um grande potencial para encantarem consumidores e viralizarem pela internet. Use o vídeo para contar histórias que emocionem o público e estabeleça uma relação afetiva com seu produto. As opções para isso são muitas: contar a trajetória de um atleta, mostrar o exercício diário de superação que a prática de um determinado esporte exige, como a obsessão pela vitória impulsiona os melhores resultados, entre outras.

*Ricardo Inforzato é diretor de Planejamento e Estratégia da agência de Marketing Pílula Criativa - pilulacriativa@nbpress.com.br